Vitória da categoria: ALEPE aprova, por unanimidade, Lei de autoria do Defensor Público-Geral

O dia 15 de dezembro de 2016 ficará marcado na história da Defensoria Pública de Pernambuco, em razão da aprovação, por unanimidade, do Projeto de Lei nº 1125/2016, de autoria do Defensor Público-Geral do Estado, Manoel Jerônimo de Melo Neto, que visa modificar e acrescentar dispositivos à Lei Complementar Estadual n.º 20, de 9 de junho de 1998 e dá outras providências.

Com a aprovação, foram criados cinco cargos de chefia nos Núcleos do Fórum Cível Joana Bezerra, Gravatá, Santa Cruz do Capibaribe, Petrolândia e Sertânia, além de incluir o auxílio-alimentação e a gratificação de acumulação como vantagens remuneratórias.

De acordo com o DPG Manoel Jerônimo, busca-se, com a iniciativa, “o maior alcance do serviço público prestado pela instituição, principalmente para as comarcas com maiores índices de exclusão social e adensamento populacional, e bem ainda para as Unidades de Internação de menores em conflito com a Lei, Unidades Prisionais e para Defesas pelo Tribunal do Júri, assegurando a efetividade do direito de acesso à justiça aos necessitados no Estado de Pernambuco”, enfatizou.

DESTAQUE
Na Tribuna, o Deputado Rodrigo Novaes falou da importância da Defensoria Pública em prol dos pernambucanos que não têm condições de contratar advogado particular. Parabenizou sobre a atuação do DPG frente à Instituição, enfocando sobre a incansável luta pela valorização profissional e o desenvolvimento da DPPE. O Deputado Tony Gel foi outro parlamentar que discursou destacando o relevante trabalho de todos os Defensores Públicos para o cidadão, os vulneráveis economicamente e socialmente.

*Da Ascom-DPPE
Foto: @jhpaparazzo/Ascom-DPPE

Eventos

CONFIRA FOTOS DO HAPPY HOUR DOS ASSOCIADOS!

Aniversariantes do Mês

Aniversariantes de abril

Vídeos em Destaque

TV ADEPEPE: São João da ADEPEPE e as lutas da categoria